Publicidade

segunda-feira, 19 de julho de 2010 Eleições | 07:03

Álvaro Dias perdoa o irmão, mas não perdoa o tucano Beto Richa

Compartilhe: Twitter

Virou moda dizer que os irmãos senadores Álvaro Dias (PSDB-PR) e Osmar Dias (PDT-PR) estão brigados por conta do episódio em que o tucano perdeu a vaga de vice na chapa presidencial de José Serra, por conta da decisão do pedetista de concorrer ao governo do Estado.

De fato, Álvaro Dias não ficou muito feliz com o irmão. Mas não o suficiente para fazê-lo votar no companheiro de seu partido, Beto Richa, a governador.

Mais que a vaga de vice, Álvaro disse ao presidente do PSDB, Sérgio Guerra, que teve a vaga de candidato ao governo do Paraná surrupiada por Beto.

— Se eu fosse o candidato do PSDB, o Osmar não entraria na disputa. E o PMDB do Paraná já tinha declarado que me apoiaria. Acho praticamente impossível recuperar agora o estrago feito no meu Estado para a candidatura Serra  — disse o senador ao seu colega Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB.

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.