Publicidade

quinta-feira, 19 de agosto de 2010 Congresso | 11:02

Invasão da Câmara pelo lobby dos policais foi tiro pela culatra

Compartilhe: Twitter

A invasão da Câmara pelo lobby dos policiais não resultou em ganho para a categoria.

A agenda legislatva do governo para este ano já foi cumprida. As medidas provisórias que vencerem poderão ser reeditadas dentro de outras MPs ou fatiadas.

Os parlamentares também estão mais preocupados com sua campanha.

Com isso, o recesso branco deve ir até as eleições.

E o presidente da Câmara, Michel Temer, tem dito que as cenas de violência que assistiu não o animam a convocar nenhum dia de esforço concentrado neste período.

Resultado: as duas emendas consticionais objeto do lobby dos policiais — a PEC 300, que intitui o piso salarial para a categoria, e a PEC 308, que cria a Polícia Penal — não serão votadas tão cedo. Na melhor da hipóteses, ficaram para depois das eleições. Mas podem acabar sobrando para o ano que vem.

Autor: Tags: , , , ,