Publicidade

sexta-feira, 22 de outubro de 2010 Congresso | 06:04

Presidência da Câmara: bancadas médias alteram as forças

Compartilhe: Twitter

O novo mapa da Câmara dos Deputados altera significativamente a relação de forças para a eleição do novo presidente no ano que vem. Ao contrário de 2002 e 2006, desta vez o maior crescimento em número de parlamentares foi verificado nas bancadas médias.

Os dois maiores partidos da Casa, PT e PMDB, ficaram distantes de alcançar 100 cadeiras como sonharam antes da eleição. O PT parou em 88 e o PMDB em 79.

Neste mapa, segundo um deputado experiente, os blocos ganharam poder. No entanto, o bloco do PT e do PRB soma o mesmo número de deputados do bloco do PMDB como PSC: 96 para cada um.

Há outros três blocos na Casa e a posição deles é que definirá o resultado a favor de Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) ou Cândido Vaccarezza (PT-SP).

O bloco PSDB, DEM e PPS soma 108 deputados. O PTB, PR e PP têm 103 deputados. E o bloco PSB, PDT e PCdoB chega a 77 cadeiras.

Sobram ainda 33 votos, sendo 15 do PV.

Autor: Tags: , ,