Publicidade

quarta-feira, 3 de novembro de 2010 Governo | 18:06

Antes de vender caças, Sarkozy precisa acertar as contas com Lula

Compartilhe: Twitter

Lula e Sarkozy (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, está louco para conversar com o presidente Lula sobre os caças franceses (Rafale), durante a reunião do G20, em Seul.

Mas assim que tocar no assunto, Sarkozy vai ouvir. Lula esperou este encontro cara a cara para cobrar do líder francês a quebra de acordo no caso da libertação da francesa Clotilde Reiss, em maio, pelo regime do Irã.

Como se sabe, Lula foi fundamental para a libertação da acadêmica de 24 anos, condenada por Mahmoud Ahmadinejad por “espionagem” depois de ela passar emails a França dando conta de fraude na eleição do presidente iraniano. A pena era de 10 anos e foi, graças a Lula, revertida em multa de 350 mil euros. Ela ficou presa por 11 meses.

Pelo acordo fechado com Lula, Sarkozy deveria ter telefonado para Ahmadinejad assim que Clotilde pisasse em solo francês. E ele se recusou a fazer a deferência. É claro que Lula foi cobrado pelo presidente do Irã e sofreu um arranhão em sua pretensão de ser um mediador internacional.

O imbróglio diplomático pode até render um descontinho a mais na compra dos caças.

Autor: Tags: , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.