Publicidade

terça-feira, 16 de novembro de 2010 Congresso | 20:55

PT vê no bloco do PMDB um gesto de disputa, com risco de azedar relações na Câmara

Compartilhe: Twitter

O deputado Arlindo Chinaglia (SP) é um dos nomes do PT que disputam a indicação do partido para a Presidência da Câmara.

No vídeo abaixo, ele afirma ao Poder Online que o fato de o PMDB anunciar a formação de um grande bloco parlamentar com outros partidos governistas tem o evidente objetivo de ultrapassar o PT na corrida pelo comando da Câmara. Para Chinaglia, isso pode azedar as relações entre os partidos governistas:

Mas o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN) — ele próprio candidato a presidente da Câmara –, jura que não tem nada a ver. Ele dá a entender que o tal bloco visa garantir espaços para os partidos na repartição do ministérios do governo de Dilma Rousseff.

Autor: Tags: , , , ,