Publicidade

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 Partidos | 17:49

Moção de apoio a casal Capiberibe é pouco…ou nada

Compartilhe: Twitter

Como se sabe, os poderosos adversários tentam impor a Capiberibe uma terceira cassação em sua biografia política. E, por enquanto, o ex-governador do Amapá combate a oligarquia Sarney e o poder dos narcotraficantes do estado sozinho.

Ou melhor, ao lado apenas de sua mulher, a deputada eleita Janete Capiberibe, também ameaçada com a perda de registro da candidatura, e do filho, o governador eleito Camilo Capiberibe.

Os seis governadores eleitos e reeleitos pelo PSB assinaram ontem moção em apoio ao casal Capiberibe. O documento foi produzido em razão da decisão da ministra Carmen Lúcia, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que determinou ao Tribunal Regional Eleitoral que proclame novo resultado das eleições para deputado federal e senador, excluindo os nomes do casal.

A moção, no entanto, tem pouco – ou nenhum – peso na decisão do TSE. O que Capiberibe precisa é de mais ação – do tipo que o governo sabe fazer quando os temas em questão no Judiciário lhe apertam os calos.

Autor: Tags: , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.