Publicidade

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011 Estados | 17:24

Pluralidade da OAB no Conselho do Ministério Público

Compartilhe: Twitter

As questões ligadas ao escândalo do Distrito Federal, deflagrado pela Operação Caixa de Pandora da Polícia Federal, têm divido os membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

O caso mais recente diz respeito à possibilidade de o CNMP designar um promotor para abrir ação no caso dos contratos de lixo no Distrito Federal.

Almino Afonso, relator da matéria, deu liminar favorável. Ela foi derrubada contando com o voto do colega de advocacia, Adilson Gurgel.

Noutro caso, no primeiro pedido para afastar do cargo o então Procurador de Justiça, Leonardo Bandarra, também houve divergência. Almino foi a favor e Gurgel contra.

Pessoas ligadas ao CNMP se perguntam quando os dois vão concordar nos assuntos ligados ao Distrito Federal.

Autor: Tags: , , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.