Publicidade

sábado, 26 de fevereiro de 2011 Congresso | 06:01

Do senador Magno Malta, sobre o projeto contra a homofobia: “Querem legalizar a pedofilia, o sado-masoquismo”

Compartilhe: Twitter

Nesta semana o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) fez seu discurso de estreia na Câmara anunciando-se como o primeiro homossexual assumido do Congresso Nacional, “sem homofobia internalizada”, e que terá como prioridade no mandato a luta pelos direitos de LGBTs (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros).

A senadora Marta Suplicy (PT-SP) conseguiu desarquivar o projeto que criminaliza a homofobia.

Novos tempos?

Quem sabe…

O senador evangélico Magno Malta (PR-ES), que integra a auto-denominada Frente da Família, argumenta que a aprovação do projeto implicaria a legalização da pedofilia, do sado-masoquismo e da bestialidade.

Numa rápida entrevista ao Poder Online, no Cafezinho do Senado, ele diz não ter dúvidas de que o projeto será arquivado:

Reveja aqui trechos do discurso de estreia do ex-BBB Jean Wyllys:

Autor: Tags: , , , ,