Publicidade

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011 Governo | 09:10

Dilma enfrenta PT para limpar segundo escalão

Compartilhe: Twitter

Dilma e PT: relação menos cor de rosa (Foto: Wilson Pedrosa/AE)

A presidenta Dilma Rousseff está enfrentando resistência no PT para trocar nomes do segundo escalão. Ela fez um mapeamento dos cargos e constatou uma espécie de fadiga de material de algumas pessoas há muito tempo na mesma função – seja pelo que considera, em seu jeitão técnico, “incompetência” ou por problemas com o Ministério Público ou outros órgãos de fiscalização.

Na avaliação de Dilma, é a hora de trocar pessoas que estão há 7 ou 8 anos no mesmo cargo. A substituição seria uma espécie de ação preventiva antes que a má gestão em alguns casos seja descoberta pela oposição ou pela imprensa.

A guerra interna entre as tendências do PT, no entanto, é o maior entrave para as demissões. O partido evita expor essas desavenças da nanopolítica.

Um caso concreto é o do presidente do Incra em São Paulo, Raimundo Pires Silva, sob acusação de beneficiar cooperativas em convênios com o Movimento dos Sem-Terra (MST).  Já existem nomes para substituí-lo, mas a Democracia Socialista entrou em ação.

– Quando o cargo está nas mãos de uma tendência organizada é difícil, há muita resistência – revelou um deputado do PT  ao Poder Online.

Autor: Tags: , , , ,