Publicidade

sexta-feira, 4 de março de 2011 Economia | 11:02

Erro grave derrubou Schwartsman

Compartilhe: Twitter

Alexandre Schwartsman (Foto: Divulgação)

A saída de Alexandre Schwartsman da diretoria do Santander foi decidida durante a campanha eleitoral, quando o ex-diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central divulgou estudo comparando a política fiscal do governo Lula com a do governo Serra em São Paulo.

O economista cometeu erro primário ao afirmar que a política fiscal de Lula era mais rígida do que a de Serra. Em resumo, Schwartsman colocou os gastos da Previdência paulista na coluna errada de seu Excel.

Desde então, sua degola estava com dia marcado no comando do banco. O Santander não gostou nada de ele ter se metido numa guerra política.

Schwartsman, como se sabe, teve que vir a público reconhecer seu erro.

Autor: Tags: , , , ,