Publicidade

sexta-feira, 8 de julho de 2011 Congresso | 18:14

Reforma do Senado pode despejar magistrados de imóveis funcionais

Compartilhe: Twitter

Recomenda a cautela que alguns ministros e juízes das mais altas Cortes do país comecem, desde já, a folhear os classificados de imóveis em Brasília – os mais valorizados do país, diga-se.

É que a reforma administrativa do Senado, que semana que vem aterrissa na Comissão de Constituição e Justiça, prevê o fim do “empréstimo” ao Judiciário de apartamentos funcionais reservados aos parlamentares.

Hoje, o Senado evita cobrar a devolução dos imóveis – distribuídos, por exemplo, entre membros do Tribunal de Contas da União e do Superior Tribunal de Justiça – em prol de uma boa relação com os magistrados.

O problema é que a escassez de apartamentos deixa muitos parlamentares desabrigados, o que só este ano implicaria num custo para a Casa de R$ 1,7 milhão em auxílio-moradia.

Autor: Tags: , , , , , ,