Publicidade

terça-feira, 9 de agosto de 2011 Congresso | 13:39

Líder do PMDB diz que prisões no Turismo foram “abuso judicial”

Compartilhe: Twitter

O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves, disse que foi um “abuso judicial” a operação hoje da Polícia Federal no Ministério do Turismo, que resultou na prisão de 38 pessoas.

Segundo ele, a polícia executou as prisões por ordem do Ministério Público, por causa de convênio de 2009 que teve todos os pareceres técnicos aprovados, e que sem que ninguém tenha sido ouvido.

— Está preso o rapaz [secretário nacional de Programas de Turismo, Colbert Martins], pelo amor de Deus. Num estado democrático não pode ser assim. Ele não foi ouvido, não foi chamado, nunca foi questionado, nada. Ai de repente, estão seus familiares vendo ele preso.

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.