Publicidade

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 Partidos | 12:01

Petistas, o ministro da Saúde e o relator do Orçamento são médicos. Mas não se entendem sobre verbas para o setor

Compartilhe: Twitter

Arlindo Chinaglia

Relaror-geral do Orçamento da União para 2012 no Congresso, o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) é médico e fez questão de aumentar as verbas para a Saúde no projeto final aprovado pelos parlamentares.

Agora, ele franze as sobrancelhas e faz um demorada pausa, quando perguntado sobre o corte de R$ 5,47 bilhões para a área no bojo dos R$ 55 bilhões totais a menos anunciados pelo governo.

— É… Parece que o ministro da Saúde concordou — balbucia o deputado, num gesto estudado para mostrar que não está nada satisfeito com o seu colega de partido, o ministro Alexandre Padilha.

Nos bastidores, ele atribui a Padilha parte da decisão sobre o corte.

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.