Publicidade

sexta-feira, 27 de abril de 2012 Cidades | 06:00

Diretor foragido representa a Delta em contrato de R$ 287 milhões com governo e prefeitura de São Paulo.

Compartilhe: Twitter

Heraldo Puccini Neto, diretor da Delta Contruções S/A, é considerado foragido da Justiça.

A prisão dele foi decretada a partir de investigações realizadas no âmbito da Operação Saint Michel, braço da Monte Carlo, mas ele não foi localizado pela polícia.

Puccini Neto é o responsável legal da Delta Construções S/A no consórcio Nova Tietê.

O consórcio foi contratado pelo Dersa para a realização das obras da Nova Marginal, durante a gestão do ex-governador José Serra (PSDB).

Segundo representação do PT contra Serra, o lote 2, justamente a parte da obra em que a Delta participa, teve um contrato assinado no valor de R$ 287.224,552,79 com aditamento posterior de outros R$ 71.622.948,47.

Na semana passada, o governador Geraldo Alckmin chegou a dizer que se houvesse contratos do estado com a Delta seriam “ínfimos”.

A Delta Contruções S/A é suspeita de ligação com o contraventor Carlinhos Cachoeira.

Autor: Tags: , , ,