Publicidade

sexta-feira, 25 de maio de 2012 Congresso | 08:23

PT e PMDB rejeitam acordo e só aceitam convocar governador tucano à CPI

Compartilhe: Twitter

O comando do PSDB na CPI  acenou para os governistas com o seguinte acordo: a aprovação por consenso, na próxima terça-feira, da convocação dos governadores Marconi Perillo (PSDB-GO), Sérgio Cabral (PMDB-RJ) e Agnelo Queiroz (PT-DF).

Mas o PT e o PMDB não aceitaram.

Os dois partidos avaliam que têm votos suficientes para  passar o trator sobre os tucanos.

Colocadas em pauta as convocações, vão derrubar qualquer pretensão contra Cabral e Agnelo. E obrigarão apenas o tucano Marconi Perillo a depor na CPI.

Daí porque o clima esquentou ontem no depoimento do ex-vereador Wladimir Garcez, do PSDB de Goiás. A sessão de votação sobre a presença dos governadores promete um clima ainda mais pesado.

Autor: Tags: , , , , , , , ,