Publicidade

quarta-feira, 30 de maio de 2012 Congresso | 17:08

Para líder do PT, convocação de Agnelo Queiroz não azeda relações entre PT e PMDB

Compartilhe: Twitter

O líder do PT na Câmara, Jilmar Tatto (PT-SP), acredita que a convocação do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), para prestar depoimento à CPMI do Cachoeira não azeda ainda mais as relações entre PT e PMDB.

Segundo Tatto, Queiroz é citado no inquérito. Já quanto ao governador do Goiás, Marconi Perillo (PSDB), Tatto defende o aprofundamento nas investigações.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.