Publicidade

terça-feira, 5 de junho de 2012 Congresso | 17:01

Senador diz que empresário foi à CPMI para proteger acusados

Compartilhe: Twitter

Na avaliação do senador Randolfe Rodrigues (Psol-PA), o empresário Walter Santiago esteve na CPMI do Cachoeira para proteger os acusados de participar do esquema criminoso chefiado pelo bicheiro.

Santiago comprou uma casa do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

Foi neste mesmo imóvel que Carlinhos Cachoeira foi preso no início do ano.

Assista:

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.