Publicidade

sexta-feira, 8 de junho de 2012 Justiça | 07:50

Julgamento do mensalão para agosto foi vitória pessoal de Ayres Britto

Compartilhe: Twitter

O formato de julgamento para o mensalão aprovado pelos ministros do Supremo Tribunal Federal,  de começar a partir do dia 1º de agosto e fazer cinco dias sessões consecutivas de sustentação oral, foi uma vitoria pessoal para o presidente da corte, ministro Carlos Ayres Britto.

A princípio, houve resistência por parte de alguns ministros que não queriam estender as sessões nos períodos da manhã e tarde e nem realizar audiências em todos os dias da semana.

Num dado momento houve questionamento sobre privilégios para se julgar o mensalão, que não eram aplicados em outros processos.

Como se aposenta logo no fim de agosto, o ministro Cezar Peluso pode apresentar o seu voto logo após o relator do caso proferir sua sentença. Pela ordem natural, Peluso seria o sétimo ministro a proferir seu voto.

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.