Publicidade

segunda-feira, 11 de junho de 2012 Copa 2014 | 19:45

Por Neymar, Marin tenta reduzir o número de jogos do Brasil até a Copa

Compartilhe: Twitter

O presidente da CBF, José Maria Marin, enfrenta dificuldades para administrar os jogos da seleção Brasileira de Futebol.

Seu antecessor, Ricardo Teixeira, deixou um contrato assinado com uma empresa que explorará as partidas até 2020.

O problema é que só no ano que vem, a previsão é que o Brasil jogue 21 amistosos. Marin entende que é difícil desfalcar o Santos de Neymar em todas as ocasiões.

A idéia é reduzir o número de partidas para que o atacante santista participe de todas as partidas. Marin quer que Neymar já esteja habituado com a amarelinha até a próxima Copa do Mundo, em 2014, no Brasil.

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.