Publicidade

quinta-feira, 28 de junho de 2012 Eleições | 07:44

Irmão não admite, mas dá sinais de que não votará em Russomanno: “parente é parente, política é política”

Compartilhe: Twitter

O vereador Attila Russomano (PP) não quer admitir, mas com seu discurso de fidelidade partidária acima de tudo, acaba numa situação curiosa.

Seu partido apoia Fernando Haddad, mas seu irmão Celso Russomanno (PRB) aparece em segundo lugar até aqui na disputa municipal.

Attila diz que o voto é secreto e que ninguém jamais saberá o voto dele, mas dá pistas de que talvez não vote no irmão.

— Parente é parente, política é política. Não posso misturar. Caso misturasse as coisas, já teria saído do PP — declarou Attila, que diz que não sai do PP “em hipótese alguma”.

Celso diz que sempre respeitará a posição do irmão, a quem considera “um bom técnico, não um político”, caso Attila queira votar com a orientação partidária.

— Fui eu que coloquei ele na política e sou responsável pelas coisas que faço — declarou Celso.

Autor: Tags: , ,