Publicidade

quinta-feira, 26 de julho de 2012 Eleições | 17:59

PT define as linhas gerais de argumentação caso mensalão seja citado no primeiro debate

Compartilhe: Twitter

Embora a cúpula da campanha de Fernando Haddad (PT) ainda não tenha definido detalhes do discurso que será usado no primeiro debate entre os candidatos a prefeito de São Paulo, o assunto “mensalão” não deve fugir muito do que o ex-ministro tem falado.

Os petistas não esperam que um eventual questionamento a respeito de tema venha do tucano José Serra.

A coordenação petista acredita que, liderando a pesquisa, Serra não deverá procurar polemizar com os adversários dessa forma, preferindo passar o mais despercebido possível.

Acredita-se que o a maior possibilidade de o tema aparecer seria através das perguntas dos jornalistas.

De qualquer forma, se a questão aparecer, Haddad dirá que é importante destacar o funcionamentos das instituições democráticas, que o tribunal não pode sofrer pressões e que o julgamento deve se basear nos argumentos técnicos e não políticos.

Se for surpreendido por uma pergunta vinda de Serra, o PT descarta fazer qualquer referência ao PR, partido que apoia o PSDB em São Paulo e cujo presidente de honra, o deputado Valdemar da Costa Neto, é réu no processo.

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.