Publicidade

sábado, 4 de agosto de 2012 Justiça | 06:02

Gurgel defende prisão imediata de réus após o fim do julgamento

Compartilhe: Twitter

No final de sua sustentação oral no Supremo Tribunal Federal, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, defendeu a imediata expedição do mandado de prisão de 36 dos 38 réus no processo.

Sobre a possibilidade de recursos, Gurgel foi taxativo ao afirmar que acredita que o Supremo é a mais alta corte do país e que tomada a decisão plenária do STF, assim como eventuais recursos não poderão modificar a decisão condenatória que ele espera que seja tomada.

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.