Publicidade

quinta-feira, 23 de agosto de 2012 Eleições | 11:11

Uma lição do Boni sobre marketing político na TV

Compartilhe: Twitter

Vai aí uma lição de marketing político em televisão que o ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia recebeu de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, quando este era o todo-poderoso da TV Globo, em 1998.

Quem conta é o próprio Cesar Maia em sua news letter eletrônica, “O Ex-Blog”:

Na campanha de 1998, o prefeito Cesar Maia, que havia elegido seu sucessor e deixado o governo com aprovação recorde em todos os tempos, mostrava na TV as suas realizações e projetava um presente e um futuro iluminados. Era um Rio perfeito. Um dia, ele recebeu um telefonema do Boni, que pediu que ele enviasse 3 vídeos de seus programas e que fosse ao escritório dele. Assim foi feito.

Boni passou os vídeos e fazia pausas seguidas: Cesar, esse hospital brilhando não tem nem em corredor de hotel de cinco estrelas na Suíça. Esses funcionários parecem que são manequins Armani, desfilando seus uniformes. Esses testemunhais populares parecem ter saído de uma aula de português machadiano. Parece que essa casa foi dada a uma secretária bilíngue. E as mães elogiando devem ter gravado em teleprompter. E esse clima de euforia…, nem com o Brasil campeão do mundo.

Cesar, caia na real e mostre as coisas como são, a vida como ela é. O que você consegue é frustrar a grande maioria das pessoas, que em casa, na frente da TV, diz uma de duas coisas: “Mas que mentirada…!” ou “É, esse cara só pensa em outros bairros, o nosso está abandonado. Vê lá se o posto de saúde aqui é assim”.

Cesar, essa cidade que você estra mostrando, ninguém que está assistindo vive nela. E quem está vendo seu programa é quem assiste à novela das 8. Esse seu programa será derrota eleitoral certa. Mostre o que você fez, mas dentro da realidade das pessoas.

Cesar Maia, é claro, mudou o programa. E elegeu-se.

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.