Publicidade

segunda-feira, 27 de agosto de 2012 Eleições | 08:45

Eduardo Campos disse a Dilma que, em Belo Horizonte, Márcio Lacerda é o culpado pela crise com o PT

Compartilhe: Twitter

No seu último encontro com a presidenta Dilma Rousseff em que colocaram panos quentes nas disputas municipais entre o PT e o PSB, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, surpreendeu Dilma com sua explicação para o rompimento entre os dois partidos em Belo Horizonte:

— Ali, o que houve foi que o Márcio Lacerda (prefeito e candidato à reeleição pelo PSB) não cumpriu com o combinado. Ele havia, de fato, prometido ao PT que a coligação se estenderia às chapas para vereadores. Mas acabou cedendo à pressão do PSDB e do Aécio Neves. Eu pessoalmente tentei fazê-lo voltar atrás. Falei, como presidente do PSB, que havia um acerto nacional com o PT em torno de BH. Até o Cid Gomes conversou com ele. Nada… Então, ali é o Márcio e o Aécio contra o PT. O PSB nacional está fora.

Autor: Tags: , , ,