Publicidade

sexta-feira, 21 de setembro de 2012 Eleições | 07:02

“Gostaria de estar em cima”, diz Chalita, que agora desconfia das pesquisas

Compartilhe: Twitter

A ideia inicial era usar os 10 primeiros programas de Gabriel Chalita (PMDB) para apresentá-lo ao eleitor e seu comitê apostava que a partir daí ele cresceria na pesquisa.

O décimo dia se foi há muito e Chalita continua abaixo dos 10%, o que fez a cúpula do PMDB ajustar o discurso.

A ordem agora é vender a ideia de que o eleitor decide seu voto nos momentos finais da disputa e citar casos antigos de grandes viradas para manter a motivação, mesmo com índices tão discretos.

E Chalita pratica esse discurso ao dizer que “a gente se esquece dos erros das pesquisas” e que “pode haver equívocos nas pesquisas”.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,