Publicidade

quarta-feira, 28 de novembro de 2012 Brasil | 14:30

Delegado da Porto Seguro foi cotado para chefiar PF

Compartilhe: Twitter

O superintendente da Polícia Federal de São Paulo, Roberto Troncon, responsável pela Operação Porto Seguro, era o nome mais cotado para assumir a direção-geral do DPF no início do governo da presidente Dilma Rousseff.

O ministro José Eduardo Cardozo chegou a conversar com Troncon e outros candidatos à época, mas optou pelo delegado Leandro Daielo Coimbra.

Rumores apontavam que o senador José Sarney fizera chegar ao Planalto a informação de que receberia como uma ofensa a nomeação de Troncon.

O delegado coordenou de Brasília, em 2010, as investigações que chegaram a um dos filhos de Sarney, Fernando, no Maranhão.

A Operação Porto Seguro agora alcança um amigo do presidente do Congresso, o ex-senador Gilberto Miranda.

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.