Publicidade

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012 Congresso | 18:25

Governadores pedem ajuda a Sarney

Compartilhe: Twitter

Cabeça do movimento dos governadores pela derrubada do veto, o governador do Ceará, Cid Gomes telefonou para o presidente do Senado, José Sarney (AP) no meio da comemoração ao aniversário de dona Marly, em São Luiz.

“Desculpe o incômodo, presidente”, começou o cearense, temendo estar sendo inconveniente. Acabou surpreso com a receptividade do telefonema.

Sarney não apenas acatou a sugestão de analisar brevemente o veto como mandou Cid informar aos demais governadores reunidos no escritório de representação do Ceará que já tinha uma ideia de como fazer para não melindrar o Planalto.

Disse que para não parecer afronta a Dilma, estudaria a viabilidade técnica de analisar a derrubada de um veto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre um projeto do Senado que trata do mesmo assunto. A decisão do Congresso, em tese, teria o mesmo efeito e não afrontaria Dilma

Mais tarde, o governador do Acre, Tião Viana, foi encarregado de conversar com Dilma para explicar que o movimento dos governadores, dos municípios e do Congresso não é contra a presidente. Estava pisando em ovos e ensaiando o discurso porque conhece o gênio indomável de Dilma.

Autor: Tags: , , ,