Publicidade

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 Governo | 06:30

Ficha Limpa no funcionalismo

Compartilhe: Twitter

A Casa Civil está estudando a adoção do projeto Ficha Limpa no governo federal.

A proposta foi encaminhada ao Palácio do Planalto pelo ministro Jorge Hage, da Controladoria Geral da União (CGU), e está fundamentada no alto índice de corrupção envolvendo servidores públicos.

O resultado da operação que pegou dirigentes de agências reguladoras – órgãos criados para fiscalizar os serviços públicos – e devassou o escritório da Presidência da República em São Paulo vai apressar a adoção de medidas.

A proposta é também uma constatação de que corregedorias na máquina federal e a própria Comissão de Ética da Presidência da República não conseguem controlar os chamados malfeitos.

Órgãos como a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Tribunal de Contas da União, Advocacia Geral da União e a própria CGU agem mais em cima do crime consumado.

O Ficha Limpa, pela proposta de Hage, teria uma função preventiva ao fiscalizar os ingressos ou remanejamentos no serviço público.

Autor: Tags: , ,