Publicidade

terça-feira, 18 de dezembro de 2012 Congresso | 07:00

Sinais da crise

Compartilhe: Twitter

O senador Jorge Viana (PT-AC) acha que agora é hora dos “bombeiros” entrarem em cena para evitar o agravamento da crise com a decisão do Supremo Tribunal Federal em cassar os mandatos dos deputados João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar da Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT).

Segundo Viana, a tradição no Brasil é que a cassação de mandatos seja prerrogativa do Congresso e não do STF.

Citou com um sintoma, o voto dos quatro ministros que consideraram a cassação como prerrogativa do Congresso.

— Houve uma divisão no próprio Supremo – lembrou Viana.

Autor: Tags: , , ,