Publicidade

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 Partidos | 07:30

PT nacional cede e decide assumir dívidas da campanha municipal

Compartilhe: Twitter

Após muita negociação, a direção nacional do PT cedeu às pressões de instâncias municipais e decidiu assumir as dívidas milionárias deixadas por alguns de seus candidatos na corrida municipal do ano passado.

Leia também: PT paulistano quer ratear rombo da campanha de Haddad

O partido já se comprometeu, por exemplo, a assumir o rombo de R$ 26 milhões da campanha de Haddad, que vinha tirando o sono do diretório do PT na capital paulista. A lista inclui também o débito deixado pela campanha de Patrus Ananias em Belo Horizonte. Nesse caso, a dívida declarada pela campanha ficou em pouco mais de R$ 4 milhões.

A expectativa é de que os acordos sejam ratificados na próxima reunião do diretório nacional petista. A negociação para chegar ao acerto, entretanto, não foi tão simples.  O PT nacional resistiu até onde foi possível. Ao menos do ponto de vista estatutário, a cúpula partidária não tinha qualquer obrigação de assumir os débitos. Isso porque uma resolução interna da sigla prevê justamente que os diretórios municipais devem se responsabilizar por eventuais dívidas eleitorais.

Autor: Tags: ,