Publicidade

domingo, 10 de fevereiro de 2013 Partidos, Política | 09:30

‘PSOL já é independente de Heloísa Helena’, diz Ivan Valente

Compartilhe: Twitter

Passados oito anos da fundação do PSOL, o deputado federal Ivan Valente (PSOL) diz não ver motivos para preocupação diante da notícia de que a ex-senadora Heloísa Helena estuda deixar o partido. Candidata à presidência pelo PSOL em 2006 e fundadora da legenda, Heloísa vem negociando a adesão ao novo partido que será criado pela também ex-senadora Marina Silva (sem partido). De acordo com Valente, o PSOL já se consolidou como um partido independente de Heloísa.

Como fica o PSOL sem Heloísa Helena?
Ela ainda não se pronunciou dentro do partido, é direito dela procurar outra alternativa. O que posso dizer é que ela é uma militante, tem importância histórica dentro do PSOL, na formação. Mas o PSOL se consolidou independente dela já. É uma perda para nós, mas o PSOL vai continuar como um partido já consolidado, de oposição. O partido da Marina não terá essas características de ideologia programática do PSOL, que já tem projeção nacional.

Quais sãos os projetos do partido para 2013?
Nosso partido já detonou uma campanha pela anulação da reforma da Previdência, com uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a decisão do julgamento mensalão, pedindo que os parlamentares condenados por compra de voto sejam cassados. Também participamos da frente parlamentar pelo fim do voto secreto, que é uma luta nossa, já foi votada em primeiro turno em 2006 e precisa ser colocada novamente em pauta para a votação em segundo turno. E também vamos retomar a luta contra o código florestal.

Como está o papel da oposição atualmente, depois que o PT passou a governar?
Houve uma queda. O DEM e o PSDB tentam ocupar o espaço deixado pelo PT na oposição, mas não conseguem. Eles não têm discurso para combater a proposta do PT, que já encampou uma série de propostas neoliberais, como as privatizações. Embora detentores da máquina, esses partidos estão sem discurso. O PSOL, apesar de não ter tempo na TV, não ter dinheiro, tem tido bons resultados eleitorais, resultados positivos.

Autor: Tags: , , ,