Publicidade

domingo, 7 de abril de 2013 Partidos | 10:00

‘PSDB precisa fazer discurso para o povo’, diz sindicalista tucano

Compartilhe: Twitter

Antonio de Souza Ramalho, presidente nacional do Núcleo Sindical do PSDB, faz críticas à forma como o partido vem se comunicando com as camadas mais simples da população. “Nosso partido precisa fazer discurso para o povo”, resume.

Ao Poder Online, o sindicalista diz que o braço sindical do partido poderia ajudar nesse sentido, mas alerta que o núcleo quer participar das discussões e não apenas ser um “instrumento para pregar cartaz e bater palmas”.

Ramalho alerta ainda para como essa falta de sintonia do PSDB com o público mais simples pode ter consequências graves para a candidatura de Aécio Neves em 2014.

O senhor não acha que o PSDB precisa dialogar melhor com a população mais simples?
Não tenho dúvida. Não é fazer barulho por barulho, mas apontando as coisas erradas do PT. Isto não está sendo dito para as pessoas mais simples. Nosso partido precisa fazer discurso para o povo. Estamos fazendo um discurso para nós mesmos. Eu que sou sindicalista e sou mais simples entendo isso, não é possível que com tanto intelectual no partido não se consiga fazer isso.

O Aécio Neves tem conseguido fazer isso?
O Aécio tem uma facilidade enorme de dialogar com o trabalhador, mas tem um monte de gente no partido que não consegue. O Aécio e o Fernando Henrique têm facilidade de falar as duas línguas, com os mais simples e com não simples. Quem fazia isso muito bem também era o Mário Covas, que ia para a periferia e amassava barro. Mas hoje diria que só Aécio, Fernando Henrique, Sérgio Guerra e o Pedro Tobias têm conseguido isso.

O núcleo sindical pode ajudar nisso?
O núcleo sindical seria um excelente interlocutor do partido para fazer isso. Mas o núcleo sindical quer participar. O núcleo não pode ser somente um instrumento para pregar cartaz e bater palmas. Queremos participar, discutir.

O senhor acha que essa falta de diálogo do PSDB com as pessoas mais simples pode comprometer a candidatura em 2014?
Sem dúvida, ninguém vai virar presidente se não dialogar com as pessoas mais simples, com o trabalhador. O Lula fez isso e se elegeu e conseguiu até eleger poste.

Que mensagem o PSDB deveria passar para o eleitor?
Curto e grosso: é o esclarecimento simples. O PSDB faz muito discurso para si mesmo. O partido faz muitas coisas, mas não se comunica. Derrubamos a ditadura com o povo na rua. O PSDB além de administrar tem de se preocupar em se comunicar.

Autor: Tags: , , , , ,