Publicidade

segunda-feira, 15 de abril de 2013 Partidos | 13:00

Young diz que PPS precisa sinalizar que fusão é um passo para aprofundar aliança com a Rede

Compartilhe: Twitter

Ao final da reunião do Diretório Nacional do PPS, no último sábado, o vereador paulistano Ricardo Young fez o que pôde para puxar o debate em direção à Rede, da ex-senadora Marina Silva, ao lado de quem caminhou na eleição de 2010. Young disse que o PPS precisa sinalizar para a Rede e outros grupos políticos de esquerda que a fusão com o PMN não é um gesto para “resolver o problema do PPS”.

Nos bastidores do PPS, muitos trabalham para que o partido faça com a Rede algo semelhante do que foi feito pelo PT no começo da década de 1980: abrigar grupos políticos que ainda não tinham registro partidário definitivo. Ou seja, atrair Marina e seus aliados para o PPS até que a Rede se torne um partido formalmente.

O vereador, que tem sua saída acertada do PPS em direção à nova legenda, defendeu na reunião que o partido dialogue com a Rede e explique o movimento de fusão, bem como os planos de articulação política do novo partido.

Assista:

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/_eWBNID44Hg" width="640" height="480" allowfullscreen="true" fvars="fs=1" /]

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.