Publicidade

quarta-feira, 17 de abril de 2013 Partidos, Política | 08:39

Militantes provocam confusão e chamam Andrea Matarazzo de ‘Judas’

Compartilhe: Twitter

A eleição para presidência do diretório municipal do PSDB na noite de terça-feira (16) na Câmara de São Paulo foi marcada por um tumulto com gritaria e reforço da Polícia Militar e da segurança da Casa.

Militantes contrários à candidatura do vereador Andrea Matarazzo se aglomeraram na porta da sala do local da votação gritando “Judas” e “safado”.

O presidente do diretório zonal de Lauzane Paulista, Gilmar Vieira Borges, afirmou que Matarazzo, assim como o ex-governador José Serra, “seria a próxima maldição do PSDB a morrer”.

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/AR4A1OJ2lIs" width="560" height="315" allowfullscreen="true" fvars="fs=1" /]

Autor: Tags: , ,