Publicidade

segunda-feira, 22 de abril de 2013 Partidos | 10:00

Quebrar alternância de poder é ruim para o PSDB, diz Duarte Nogueira

Compartilhe: Twitter

As discussões internas no PSDB parecem estar longe de terminar. Depois da tumultuada eleição do diretório municipal de São Paulo, a briga pelo diretório estadual também promete ser acirrada. Disputam a presidência do partido no Estado o deputado federal Duarte Nogueira e atual presidente, Pedro Tobias, que é deputado estadual.

As negociações têm sido acompanhadas de perto pelo grupo do ex-governador José Serra, após a ação de secretários estaduais tirar o vereador Andrea Matarazzo da disputa pelo diretório municipal. Candidato de Serra para o comando da direção estadual, Nogueira investe no discurso sobre a alternância de poder. Tradicionalmente, os tucanos aplicam um acordo na eleição estadual, por meio do qual a vaga é preenchida com base num rodízio entre um deputado estadual e um federal.

“Estou costurando minha candidatura ponderando que haja respeito à tradição de alternância entre deputados federais e estaduais na presidência. Quebrar essa alternância não vai ser bom para o partido, vai demonstrar a incapacidade de convivência entre as instâncias partidárias”, afirmou Nogueira.

O deputado federal afirmou que colocou sua candidatura para o governador Geraldo Alckmin (PSDB). “Ele registrou que sou um bom nome, elogiou, mas ele ainda não manifestou publicamente apoio a nenhum candidato.”

Autor: Tags: , , ,