Publicidade

terça-feira, 23 de abril de 2013 Congresso | 16:23

Edinho Araújo aposta em manutenção de texto que acaba com a transferência de tempo de TV

Compartilhe: Twitter

Pai de uma das mais polêmicas crias deste primeiro semestre no Congresso, Edinho Araújo (PMDB-SP) acredita que a votação desta tarde não deverá alterar a vigência imediata do PL 4470, que impede que parlamentares carreguem consigo tempo de TV e verbas do fundo partidário para novas legendas em caso de mudança de partido.

Partidos de oposição têm tentado modificar a data da vigência do projeto em prazos que variam de outubro de 2013, como quer o PSDB, a favereiro de 2015, como gostaria o PPS.

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.