Publicidade

quarta-feira, 8 de maio de 2013 Justiça | 08:00

Valdemar Costa Neto ainda tem esperanças de reverter condenação pelo mensalão

Compartilhe: Twitter

O deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP) anda otimista quanto às chances de reverter totalmente sua condenação no julgamento do mensalão.  No círculo próximo ao deputado, não faltaram comemorações diante das declarações dos ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, levantando a possibilidade de a Corte rever as decisões tomadas em plenário, com base nos embargos de declaração.

O ânimo vem justamente do fato de os advogados do deputado terem partido para uma espécie de “tudo ou nada” na apresentação desses recursos – embora os embargos de declaração, em tese, sirvam essencialmente para corrigir eventuais obscuridades ou contradições no processo. Foi o advogado Nilo Batista quem convenceu o deputado a investir na tese de que deve ser absolvido, em vez de se concentrar numa eventual redução da pena.

Nos embargos apresentados ao STF, a defesa do deputado faz um paralelo com a absolvição do publicitário Duda Mendonça. Afirma que, assim como o marqueteiro, Costa Neto era uma espécie de “credor” do PT. E esta, segundo os advogados, seria então a maior “contradição” presente no acórdão do julgamento do mensalão.

Costa Neto foi um dos primeiros a entregar o recurso ao STF. A ordem, segundo interlocutores do parlamentar, é evitar alarde em torno da defesa e não provocar os ministros da Corte

Autor: Tags: , ,