Publicidade

segunda-feira, 10 de junho de 2013 Política | 18:06

CUT prepara protesto de servidores da saúde, educação e policiais em São Paulo

Compartilhe: Twitter

A CUT-SP promove na terça-feira (11), a partir das 15h no vão livre do Masp, na avenida Paulista (região central de São Paulo, um protesto contra a política das áreas de saúde, educação e segurança do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

Da Paulista, os manifestantes seguem para a Assembleia, onde irão fazer um ato em plenário.

Os trabalhadores do SindSaúde estão em greve há cerca de 40 dias. Segundo os sindicalistas, o governo ainda não fez nenhuma proposta para as reivindicações da categoria e reunião com secretários do governador foi desmarcada por duas vezes.

“O governo recebe as entidades mas não encaminha as reivindicações dos servidores públicos. Já teve uma greve da educação, está tendo do setor de saúde e tudo indica que vai ter da Polícia Civil, a insatisfação da categoria é muito grande”, afirmou Douglas Izzo, vice-presidente da CUT-SP, que diz esperar 5.000 pessoas no protesto de amanhã.

Alckmin está em Paris defendendo a candidatura de São Paulo para sediar a Expo 2020 com o prefeito Fernando Haddad (PT) e o vice-presidente Michel Temer (PMDB).

Leia também: Trabalhadores da saúde em greve dormem na Assembleia de SP

Autor: Tags: , , , , , ,