Publicidade

terça-feira, 11 de junho de 2013 Congresso | 16:24

Bate-boca e ordem do dia impedem votação do projeto da “cura gay”

Compartilhe: Twitter

Marco Feliciano (PSC-SP) correu o quanto pode para votar o Projeto de Decreto Legislativo 234/11, conhecido como projeto da cura gay, mas não foi desta vez, ainda.

O projeto deverá ser apreciado em sessão nesta quarta-feira, já que a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados se reuniu hoje em caráter extraordinário.

A tentativa era votar a proposta ainda hoje, mas o início da Ordem do Dia no Plenário da Casa e um desentendimento entre os deputados acabou adiando mais uma vez a votação do projeto.

Durante a sessão, Simplício Araújo (PPS-MA) apresentou requerimento para que a proposta fosse retirada da pauta. Durante o encaminhamento desse requerimento, houve bate-boca. O deputado acusou Feliciano de cercear seu direito a fala.

Araújo já tinha feito um pedido de vistas na semana passada adiando a votação do projeto.

Assista:

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/SaXZZzs-DkM" width="640" height="480" allowfullscreen="true" fvars="fs=1" /]

Autor: Tags: , , ,