Publicidade

quarta-feira, 24 de julho de 2013 Partidos | 16:36

Após deixar PTB por defender PT, Frank Aguiar negocia com PMDB

Compartilhe: Twitter

O vice-prefeito de São Bernardo do Campo (região do ABC paulista), Frank Aguiar, negocia sair candidato a deputado federal com o PMDB.  Aguiar deixou o PTB em maio porque o partido vai apoiar a candidatura à reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Frank Aguiar na posse do prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, em 2009 (Foto: Paulo Pinto)

Frank Aguiar na posse do prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, em 2009 (Foto: Paulo Pinto)

“Saí numa boa, de uma forma linda e decente, ética e compreendida pelo meu presidente, líder partidário e acima de tudo irmão, padrinho do meu casamento, o deputado Campos Machado. Nossa relação de amizade extrapola isso. Eu, como aliado do PT e coordenado pelo time do PT, do prefeito Luiz Marinho, sabendo que o PT terá candidato a governador em São Paulo, como eu ia apoiar a campanha do Alckmin? Seria um desastre de compreensão para o eleitor”, afirmou o vice-prefeito músico.

Além das alianças, Aguiar não teria espaço no PTB para sua candidatura. Assim como estima que não terá no PT. “Vou me filiar a algum partido que caminhe com o PT, mas no PT o ônibus está lotado”, diz o vice-prefeito que quer um partido onde tenha espaço para mostrar sua candidatura.

Além do PMDB, Aguiar afirmou que recebeu convites do PR,  PC do B e PDT. “Mas com essa história do Paulinho da Força montar outro partido, fica difícil”, afirmou.

Aguiar deve fechar sua filiação em agosto.

Leia também: Alckmin tenta aproximação com PMDB paulista

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.