Publicidade

terça-feira, 20 de agosto de 2013 Política | 19:00

Comissão de Direitos Humanos da Assembleia de SP vai investigar tortura na Fundação Casa

Compartilhe: Twitter

A Fundação Casa se tornou alvo do embate PT x PSDB na Assembleia Legislativa de São Paulo desde que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) apresentou um projeto, em regime de urgência, que altera o ECA e a estrutura da entidade.

A Comissão de Direitos Humanos da Casa, presidida pelo deputado Adriano Diogo (PT), decidiu nesta terça-feira investigar denúncias de tortura e espancamento de internos na Fundação Casa.

O Ministério Público abriu na segunda-feira (19) investigação sobre o caso após o programa Fantástico, da Rede Globo, exibir cenas em que dois funcionários da unidade João do Pulo, na Vila Maria, espancam e torturam seis adolescentes.

O PSDB promoveu semana passada uma audiência com a presidente da Fundação Casa, Berenice Giannella, sobre o projeto e falou que os funcionários envolvidos na agressão foram demitidos.

Berenice, o diretor da unidade, Wagner Pereira da Silva, e o coordenador de equipe Edson Francisco da Silva, serão ouvidos pela comissão, que também irá visitar o Complexo da Vila Maria.

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.