Publicidade

segunda-feira, 26 de agosto de 2013 Partidos | 16:05

Petistas lavam a roupa suja sobre indicação de Vaccarezza

Compartilhe: Twitter

O deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) não gostou, mas virou motivo da lavação de roupa suja em torno de sua indicação para presidir o grupo de trabalho da reforma política que pautou o debate de candidatos à presidência do PT, nesta segunda-feira.

No debate,  presidente nacional da legenda e amplamente favorito na disputa, Rui Falcão, referendou a tese de que Vaccarezza não representa a sigla no grupo – ele foi indicado pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), contrariando a vontade do PT de referendar o nome do deputado Henrique Fontana (PT-RS). Não faltaram recomendações, durante as discussões, para que Vaccarezza fosse “enquadrado”.

“Deveriam juntar a energia para combater o PSDB e o DEM e não combater os aliados”, reclamou Vaccarezza, ao ser informado pelo Poder Online sobre a discussão ocorrida durante o debate. Ele disse sentir que “representa a maioria do PT” e tentou colar sua imagem em Rui Falcão: “Eu não me articulei para ser o coordenador, fui convidado. E diferente desses candidatos, sempre fiz parte da maioria, sou da mesma corrente do Rui, aliado do Construindo Um Novo Brasil (CNB). Os outros sempre foram minoria”.

O debate foi transmitido pela internet e teve cerca de 11 mil acessos.

Leia também: “O ideal é manter minirreforma eleitoral como está”, afirma Vacarezza

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.