Publicidade

segunda-feira, 26 de agosto de 2013 Partidos | 07:00

PT e PSDB disputam paternidade do Orçamento impositivo em São Paulo

Compartilhe: Twitter

Não foi só a bancada do PT da Assembleia Legislativa de São Paulo que protocolou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC)  semelhante ao foi aprovado em primeiro turno na Câmara para Orçamento positivo. O deputado Pedro Tobias (PSDB) também entrou com um projeto semelhante, assinado por outros parlamentares do partido.

Na versão do PSDB, o projeto pede vínculo de 30% do Orçamento do Estado para a saúde. A PEC 5 já foi distribuída e o deputado tucano Cauê Macris será o relator.

Já a PEC 6, protocolada  pelo deputado Enio Tatto (PT),  1º secretário da Mesa Diretora da Assembleia, ainda não foi distribuída.

Leia também: Planalto tentará barrar orçamento impositivo no Senado, mas já estuda ir ao STF

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.