Publicidade

segunda-feira, 2 de setembro de 2013 Política | 20:00

PT se une ao PCdoB e pretende protocolar CPMI do caso Siemens até sexta

Compartilhe: Twitter

O líder do PT do Senado, Wellington Dias (PI), pretende, até sexta-feira (6) recolher todas as assinaturas necessárias para a instalação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar o caso Siemens.

O PC do B, que também pretendia coletar assinaturas para uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI ) na Câmara, fechou acordo com o PT e irá apoiar o texto do deputado Paulo Teixeira (SP), que já estava coletando assinaturas para uma comissão na Casa. O acordo foi firmado em reunião entre Teixeira, Dias e o deputado Protógenes Queiroz (PC do B-SP).

Para aprovar uma CPI mista são necessárias 27 assinaturas dos 81 senadores e outras 171 dos 513 deputados. Os senadores petistas, que já foram contrários à CPMI que é vista pela oposição como “pauta petista”, agora estão animados em emplacar a investigação após as últimas denúncias sobre o caso.

Autor: Tags: , , , , ,