Publicidade

quarta-feira, 4 de setembro de 2013 Política | 16:00

Deputados do Rio pedem mudança na lei para que PF investigue caso Amarildo

Compartilhe: Twitter

Os deputados federais do Rio de Janeiro Jandira Feghali (PC do B), Alessandro Molon (PT), Anthony Garotinho (PR) e Simão Sessim (PP) vão propor na Câmara uma alteração na lei 10.446/02 que regulamenta as atividades da Polícia federal.

A lei determina que a PF investiga infrações de “repercussão interestadual ou internacional que exija repressão uniforme”, entre outros casos. O que impediria que a PF atuasse no caso Amarildo.

Para a PF investigar o desaparecimento do pedreiro, teria que haver, por exemplo, a repetição desse tipo de violação dos direitos humanos em outros estados.

“Uma lei não pode embarreirar a atuação da PF em casos isolados nos estados. Nossa bancada fluminense deve se posicionar na tentativa de modificar a lei e possibilitar maior investigação da polícia federal, sem que haja isolamento nas investigações dos direitos humanos”, afirmou a deputada Jandira, que propôs ao ministro José Eduardo Cardozo, que a bancada do Rio estudasse a alteração da lei.

Leia também: Reconstituição do sumiço de Amarildo esclarece fatos, diz delegado

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.