Publicidade

segunda-feira, 23 de setembro de 2013 Partidos | 16:47

PT decide não apoiar minirreforma eleitoral que será votada na Câmara

Compartilhe: Twitter

A minirreforma eleitoral aprovada pelo Senado na semana passada e que deve ser votada na Câmara dos Deputados ainda nesta semana não terá apoio do PT. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu hoje com o deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) e com presidente nacional do PT, Rui Falcão, para tratar do assunto e o clima foi tenso.

O deputado foi indicado pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para coordenar o grupo de trabalho sobre a reforma eleitoral, contrariando a bancada do PT que queria referendar o nome do deputado Henrique Fontana (PT-RS).

O projeto que será votado pela Câmara -de autoria do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e relatado por Valdir Raupp (PMDB-RO)- tem o apoio de Vaccarezza,  mas não muda as regras de financiamento de campanha, principal bandeira política do PT para a reforma.

Rui Falcão, que tem sido pressionado por petistas para “enquadrar” Vaccarezza, tem falado publicamente que o deputado não representa o partido na discussão. Ele prepara um documento que será divulgado com o posicionamento do partido sobre o caso E aconselha a bancada petista da Câmara e do Senado a apresentar substitutivos e votar contra o projeto.

*Com Ricardo Galhardo, do iG São Paulo

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.