Publicidade

quarta-feira, 9 de outubro de 2013 Eleições | 08:00

Erundina defende candidatura própria do PSB em SP, mesmo sem ‘viabilidade eleitoral’

Compartilhe: Twitter
Luiza Erundina (Foto: AE)

Luiza Erundina (Foto: AE)

A deputada Luiza Erundina (PSB-SP) diz acreditar que a chegada de Marina Silva e seus aliados ao PSB deverá provocar mudanças nas composições eleitorais nos estados. “Acho que em todos os estados haverá mudanças”, opinou a deputada socialista.

Sobre a situação do PSB em São Paulo, Erundina diz que o quadro agora precisa ser reavaliado. “Havia um alinhamento do partido lá. Acredito que isso terá de ser revisto. Até porque não havia consenso nem sobre a participação do PSB no governo Alckmin e nem na composição de uma chapa”, afirmou. “Zera tudo. A dinâmica desse processo altera-se completamente.”

Leia também: PSB sobe o passe, mas deixa aberta porta para ação casada com PSDB

Perguntada sobre a possibilidade de se candidatar ao governo paulista, Erundina disse que não pretende pleitear a posição, que o diálogo sobre isso não está sequer colocado, mas defendeu que o partido lance um nome próprio. “A própria Rede tem nomes possíveis para concorrer”, disse. Sobraram elogios até mesmo para o nome do deputado Walter Feldman, que trocou o PSDB pelo PSB na esteira de Marina.

Erundina, entretanto, diz que é cedo para falar em nomes e aponta que essa discussão ainda não foi feita dentro do partido. Ainda assim, ela defende que o PSB lance uma candidatura própria mesmo que não haja “viabilidade eleitoral”. Segundo ela, isso seria importante para fomentar a legenda em São Paulo.

 

Autor: Tags: , , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.