Publicidade

terça-feira, 29 de outubro de 2013 Política | 06:00

Estelionatários aplicam golpes em dirigentes do PT

Compartilhe: Twitter

Ao que tudo indica, a quadrilha que há alguns meses aplicou golpes em deputados e senadores, cuja ação foi revelada pelo iG, encontrou novos alvos. Ou outro grupo criminoso inspirou-se no esquema que meses atrás fez vítimas como a senadora Ana Amélia (PP-RS). Agora, quem está na mira são dirigentes regionais do PT.

O deputado Pedro Eugênio (Foto: Divulgação)

O deputado Pedro Eugênio (Foto: Divulgação)

Nesta semana, o deputado Pedro Eugênio (PT-PE) distribuiu um comunicado a integrantes da direção nacional petista, informando aos colegas de partido que seu nome vem sendo usado numa nova versão do golpe. Em geral, os estelionatários se fazem passar por um político e simulam uma situação de emergência, pedindo que a vítima faça um depósito em uma conta bancária. 

De acordo com a mensagem distribuída ao partido, vários petistas foram procurados por criminosos em nome de Pedro Eugênio, pedindo dinheiro. O presidente do PT do Pará, João Batista, teria sido lesado em R$ 1.500, segundo o comunicado. Em Goiás, o mesmo esquema teria sido aplicado contra Valdi Camarcio.

Ainda segundo o aviso, houve tentativas sem sucesso no Tocantins, Mato Grosso e Espírito Santo. Na mensagem, o próprio Pedro Eugênio diz ter sido abordado por um estelionatário que dizia ser o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), com o intuito de aplicar um golpe semelhante.

Leia também: Estelionatários e hackers se especializam em golpes contra parlamentares

Autor: Tags: , ,