Publicidade

sexta-feira, 22 de novembro de 2013 Política | 13:11

Após críticas, Campos adere ao Sistema Nacional de Cultura

Compartilhe: Twitter

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), tem cada vez mais adotado uma agenda positiva. Pré-candidato à Presidência pelo PSB, Campos foi criticado pela possibilidade de extinguir a Secretaria de Cultura na reestruturação de seu secretariado para corte de gastos. A medida foi anunciada no Programa do Jô, após questionamento do apresentador.

Campos não só não extinguiu a secretaria, como anuncia nesta sexta-feira (22) a adesão ao Sistema Nacional de Cultura, no Ministério da Cultura. Com o discurso mais crítico em relação à presidente Dilma Rousseff (PT) -não só para a imprensa, mas também em encontro com representantes de diversos setores-, o governador aproveitou para alfinetar o governo federal: “Os (Estados) que aderiram até hoje ainda não receberam”, afirmou Campos com relação aos projetos do Ministério da Cultura.

Leia também: PSB endurece estratégia contra Aécio Neves

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.