Publicidade

segunda-feira, 25 de novembro de 2013 Partidos | 06:00

Ala majoritária do PT fará primeira reunião sem Dirceu, Delúbio e Genoino

Compartilhe: Twitter

Em meio à polêmica sobre as prisões do mensalão, a corrente petista Construindo um Novo Brasil marcou uma reunião em Brasília, no próximo dia 3, para definir sua estratégia de ação nos próximos meses e analisar a conjuntura política do país.

O ex-ministro José Dirceu (Foto: AE)

O ex-ministro José Dirceu (Foto: AE)

A CNB é a corrente que dá abrigo ao ex-ministro José Dirceu, o ex-tesoureiro Delúbio Soares e o ex-presidente do partido José Genoino na política interna da legenda. É também o grupo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Esta será sua primeira reunião desde que os três petistas condenados no processo do mensalão foram presos.

Segundo outros expoentes do grupo, não há por enquanto previsão de uma manifestação formal contra as prisões, até porque o encontro deve ocorrer a portas fechadas, no diretório do partido em Brasília. Ainda assim, alguns dizem considerar necessário um realinhamento estratégico, assim como uma recomposição das forças que guiam a corrente.

Um dos temas da pauta é a montagem da nova direção petista, após a eleição interna realizada neste mês. Dirceu, Genoino e Delúbio ficaram fora da chapa para a montagem do diretório nacional, assim como outros réus, como o ex-deputado João Paulo Cunha.

Por terem caráter informal, as reuniões da CNB não apresentam a exigência de presença de seus integrantes. Ainda assim, Dirceu, Genoino e Delúbio costumavam bater cartão nos encontros.

Leia também: Após prisões do mensalão, desconfiança ronda Márcio Thomaz Bastos

 

 

Autor: Tags: , , , , ,